Sinam avança no Rio Grande do Sul
A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), por meio do seu presidente e diretores, reuniu-se com representantes das seccionais do estado gaúcho para apresentar os benefícios oferecidos aos sócios da entidade. O encontro ocorreu na noite dessa sexta-feira, 7, e se iniciou com um coquetel de boas-vindas aos convidados, seguido da abertura do evento pelo presidente da AMRIGS, Alfredo Floro Cantalice Neto.

O presidente agradeceu a presença de todos e destacou as ações da entidade como a Caravana AMRIGS que, em 2016, visitou 17 cidades com temas diversos na área da saúde, e lembrou da implantação do Sistema Nacional de Consultas e Exames Médicos (Sinam) no estado, o qual será desenvolvido pela Associação com os seus sócios e trará uma nova oportunidade de serviço aos profissionais médicos. "Já temos, até o momento, 38 especialidades referenciadas e em torno de 90 médicos já incluídos no Sinam e queremos continuar qualificando esse projeto", disse. O presidente destacou, ainda, outros benefícios para os associados como as assessorias contábil e jurídica, os descontos para acadêmicos no Exame AMRIGS, os planos Corporativos Unimed e Uniodonto e a utilização dos espaços do Centro de Eventos da AMRIGS. 

Sinam

O diretor de Defesa Profissional da AMRIGS, Jorge Utaliz, ressaltou que o encontro é de extrema importância para a transmissão de maior estímulo ao associativismo médico. "Com o Sistema Nacional de Consultas e Exames Médicos, por exemplo, a sociedade terá uma oportunidade, pois um sistema de atendimento médico, sem mensalidade, é uma alternativa viável financeiramente para os tempos de crise e a população poderá usufruir de atendimento médico de qualidade", afirmou. 

Segundo Utaliz, o Sinam já está funcionando no estado do Paraná e tem retornos significativos para os médicos referenciados. "Qualquer cidadão pode usufruir do Sinam, mesmo tendo um plano de saúde, e não há custos adicionais em inclusão de dependentes no Sistema", ressaltou. O diretor concluiu que os médicos poderão ter um relacionamento direto com seus pacientes, inclusive no momento do pagamento ao profissional.

Participando da reunião, o presidente da Associação Médica do Paraná (AMP), Nerlan Carvalho, afirmou que o Sinam já está consolidado no Paraná e que o Sistema visa a fortalecer e beneficiar a classe médica."Além disso, milhares de pessoas são beneficiadas, também, atendidas, e esse fato demonstra a importância do projeto para o cidadão que não consegue arcar com os custos de um plano de saúde ou pagar por uma consulta particular", lembrou. Carvalho destacou, ainda, que o Sinam fortalece as Associações Médicas, tanto as estaduais quanto as seccionais, colocando-as em contato direto com os médicos que se interessam em ser referenciados pelo Sistema.


Aproveite e
veja também