Ser associado é ter inúmeros benefícios. Associe-se e se torne um médico referenciado pela AMP.

O Instituto de Genética e Erros Inatos do Metabolismo (IGEIM) promoverá o II IGEIM Educa Doenças Raras Tratáveis no dia 24 e 25 de junho, a partir das 18 - 22h e 9-13h (horário de Brasília), respectivamente, com quatro horas de duração para ambos os encontros. O simpósio contará com a presença de quatro médicos especialistas para discorrer sobre os temas  "Desordens do metabolismo de Fenilalanina, Fenilcetonúria e Homocistinúria" e participação de cinco médicos para as  "Doenças com acometimento hepático: Glicogenoses I e III, Síndrome de Fanconi-Bickel, Wilson-forma hepática e Galactosemia".

Este é o 4º de oito simpósios marcados para o ano de 2022. Os encontros acontecem na Casa Virtual IGEIM. Por lá é possível consultar a agenda de eventos, assistir às aulas gravadas de simpósios anteriores, acompanhar os encontros ao vivo, além de tirar dúvidas e encaminhar sugestões.
 
Há um déficit na formação de profissionais da saúde para as doenças raras, além disso é muito importante que os médicos não deixem de tratar as poucas enfermidades raras para as quais existe tratamento disponível no Brasil. Por isso, o IGEIM busca promover a educação médica continuada que permita ao profissional identificar e prestar assistência adequada a cada caso. 

No 4º Simpósio teremos também uma programação para membros da equipe multidisciplinar não médica, como os nutricionistas com o tema das Glicogenoses. Para atender aos profissionais de saúde de outras áreas, o evento conta com uma sala separada com conteúdos específicos que visam enriquecer o conhecimento técnico destes profissionais acerca de doenças raras tratáveis.

Sobre o IGEIM
 
O IGEIM é uma ONG  vinculada ao Hospital Universitário da UNIFESP, por meio do Centro de Referência em Erros Inatos do Metabolismo (CREIM). Há 15 anos o instituto presta atendimento em saúde gratuito à população brasileira, com foco em doenças genéticas, como os erros inatos do metabolismo e outras doenças raras. O instituto surgiu com o objetivo de aumentar o atendimento multidisciplinar, criar um centro de medicação endovenosa padrão e realizar treinamento de profissionais de saúde para aperfeiçoamento da assistência de pacientes, todas metas atingidas e mantidas.